Lula perde votos, mas mantém liderança; sem ele, Marina se aproxima de Bolsonaro, diz pesquisa DataFolha divulgada neste domingo

A pesquisa verificou três cenários tendo Lula como candidato, e o ex-presidente teve variação de 30% a 31% nas intenções de voto.

Cadastrado em 15/04/2018 09:49

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Lula perde votos, mas mantém liderança; sem ele, Marina se aproxima de Bolsonaro, diz pesquisa DataFolha divulgada neste domingo

Pesquisa Datafolha realizada na semana passada e divulgada neste domingo (15) pela Folha de São Paulo aponta o ex-presidente Lulacom 31% das intenções de voto no cenário mais favorável entre nove pesquisados. 

No fim de janeiro, quando foi feito o outro levantamento do Datafolha, Lula tinha até 37% das preferências. A queda teria relação com a prisão do petista, ocorrida no sábado (7).

O PT tem sustentado a intenção de registrar a candidatura de Lula, que está preso na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba para cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro definida no processo do caso do tríplex no Guarujá. Se o ex-presidente fizer o registro da candidatura, caberá à Justiça Eleitoral a análise do pedido.

A pesquisa verificou três cenários tendo Lula como candidato, e o ex-presidente teve variação de 30% a 31% nas intenções de voto. O deputado Jair Bolsonaro (PSL) variou de 15% a 16% nas três opções.

Outros quatro candidatos mantiveram o mesmo percentual nos cenários com o ex-presidente petista: a ex-senadora Marina Silva, Rede, ficou com 10%, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, do PSB, teve 8% das intenções de voto, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), 6%, e Ciro Gomes, PDT, 5%.

Nos cenários com Lula fora da disputa, Bolsonaro e Marina aparecem empatados na liderança. Bolsonaro tem 17% das intenções de voto e ela oscila entre 15% e 16%. Já Ciro Gomes alcança 9% em todos os cenários sem Lula, empatado com Alckmin, que varia de 7% a 8%. Barbosa, ex-presidente do STF, oscila entre 9% e 10%. O ex-prefeito de São Paulo, o petista Fernando Haddad, aparece com 2% e o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, também do PT, tem 1%.

Manuela D’Ávila, do PCdoB, atinge no máximo 2% e Guilherme Boulos, do PSOL, 1%. O presidente Michel Temer, do PMDB, tem 2% das intenções de voto. A pesquisa aponta ainda que o ex-ministro Henrique Meirelles não tem mais do que 1% das intenções de voto.

A nova pesquisa foi realizada entre quarta (11) e sexta-feira (13). Foram realizadas 4.194 entrevistas em 227 municípios. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

 Informações: Diário Catarinense | Foto: Roberto Stuckert Filho / Palácio do Planalto

 


Tags da postagem

Pesquisa eleitoral Luiz Inácio Lula da Silva Jair Bolsonaro Brasil. 16 de abril de 2018 Aproveitamento de Bens Materiais

Comentários

Para comentar, acesse com seu Passaporte Archipèlagus validado.

Acessar