MetSul confirma passagem de tornado no Rio Grande do Sul

Vinte e um municípios foram atingidos pelo temporal que causou estragos em, pelo menos, 984 residências

Cadastrado em 12/06/2018 16:15

Notícia por Quilombo Mais

MetSul confirma passagem de tornado no Rio Grande do Sul

A região Norte do Rio Grande do Sul foi atingida por um tornado na madrugada desta terça-feira (12), de acordo com a MetSul Meteorologia. O fenômeno, com ventos que podem ter atingido 300 km/h, derrubou casas e árvores e ainda tombou dois caminhões em Sarandi. Segundo a MetSul, o tornado estaria no nível F3 da escala Fujita, cujo alcance máximo é F5.

O tornado devastou a zona rural de Coxilha e Tapejara. Diversas árvores foram derrubadas, inclusive pela raíz, destruindo a vegetação nas regiões. Além disso, 20 residências de Coxilha, que tem 2,8 mil habitantes, ficaram destelhadas.

Acidentes envolvendo veículos de carga aconteceram em Coxilha e Sarandi

O fenômeno teria sido responsável ainda pelo tombamento de cinco caminhões. De acordo com a Defesa Civil, três veículos se deslocavam pela ERS 463, em Coxilha, quando tombaram às margens da rodovia. Os motoristas não ficaram feridos. Outros dois caminhões tombaram em Sarandi, na ERS 404. Um dos motoristas foi encaminhado para o Hospital Comunitário de Sarandi em estado de choque para receber atendimento.

Temporal

O forte temporal que atinge a região Sul do país desde a segunda-feira (11) causou estragos e ao menos duas mortes no Rio Grande do Sul. Ao todo, 21 cidades foram atingidas, informou a Defesa Civil gaúcha. Os dois óbitos ocorreram nos municípios de Ciríaco e Sarandi, ambos no Norte do estado, a região mais prejudicada.

O boletim da Defesa Civil indica que 984 residências tiveram algum tipo de dano em função da chuva e vento forte. As principais ocorrências se referem a quedas de árvores e postes.

Na cidade de Água Santa, o temporal durou poucos minutos, mas fez famílias perderem tudo. Em algumas propriedades, galpões, carros e até máquinas agrícolas foram danificados.

O volume de chuva também foi intenso. Em Porto Alegre, passou de 74 milímetros, o que corresponde a mais da metade da média do mês.

Ainda tem alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) até esta noite para temporais entre o Noroeste e Leste do Rio Grande do Sul. O tempo permanece instável em quase todas as regiões, mas a temperaturas tendem a diminuir a partir da tarde e o frio se intensifica ainda mais na quarta-feira (13).

Mortes

Em Ciríaco, a Polícia Civil confirmou que um homem morreu na cidade atingido pela própria casa, que desabou sobre ele. De acordo com a Polícia Civil, a residência foi destruída pelo vento e a vítima, encaminhada ao Hospital São José, em David Canabarro, mas não resistiu aos ferimentos.

O temporal também causou a morte de uma idosa em Sarandi. Segundo a polícia, a mulher de 70 anos, estava em casa junto com a família na Linha Águas do Angico, interior do município quando a tempestade começou, por volta das 3h.

Parte da família buscou refúgio dentro de um carro, mas a mulher, que tinha necessidades especiais, não conseguiu sair a tempo. Ela foi atingida pelo desabamento da casa. Embora tenha sido socorrida, a mulher chegou sem vida ao hospital.

Misiones

Em Misiones, um homem morreu em Colonia Yapeyú, após uma parede da casa cair sobre ele, durante o temporal. A esposa da vítima fraturou uma perna e está internada.

Outras 25 residências foram parcial ou totalmente destelhadas pelo temporal. Autoridades locais suspeitam que houve a passagem de um tornado pelo local.

Fonte: portaltri.Foto:Reprodução


Tags da postagem

Vendaval Tornado Rio Grande do Sul 12 de junho de 2018 Aproveitamento de Bens Materiais

Comentários

Para comentar, acesse com seu Passaporte Archipèlagus validado.

Acessar