Em SLO: Fundação Hospitalar arrecada R$ 20,5 mil com Fandango da Solidariedade

Realizada no dia 25 de julho, a 4ª edição do Fandango da Solidariedade da Fundação Hospitalar São Lourenço foi, segundo a Comissão Central Organizadora (CCO), um sucesso em público e em resultado

Em 05/08/2019 22:26
Atualizado em 05/08/2019 22:28

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Em SLO: Fundação Hospitalar arrecada R$ 20,5 mil com Fandango da Solidariedade

Realizada no dia 25 de julho, a 4ª edição do Fandango da Solidariedade da Fundação Hospitalar São Lourenço foi, segundo a Comissão Central Organizadora (CCO), um sucesso em público e em resultado. De acordo com o balanço, fechado nesta segunda-feira (5), após todas as entradas e saídas serem contabilizadas, o evento rendeu um resultado positivo de R$ 20.533,00.

Agradecendo todos os envolvidos pela colaboração, a gerente administrativa da entidade hospitalar, Silvane Forcelini Sanajotto, disse que o evento foi um sucesso e o resultado financeiro está depositado numa conta específica do hospital, para ser empregado em melhorias internas. “Esse tipo de recurso, que é um extra do dia a dia, é investido em melhorias como ar condicionado, equipamentos ou reformas”, exemplifica lembrando que a ideia é beneficiar diretamente o usuário, seja ele de convênio, plano de saúde ou particular.

De acordo com Silvane, além de agradecer as entidades e empresas parceiras, é preciso reconhecer a participação da sociedade. “A população mais uma vez deu o exemplo de solidariedade, participando e prestigiando o evento. São Lourenço do Oeste e municípios vizinhos estão de parabéns”, afirmou ela lembrando que o resultado financeiro é importante, mas o melhor foi o engajamento da sociedade, CTG e profissionais. “Nosso sentimento é de agradecimento a todos que participaram e foram parceiros”.

Balanço

Além do repasse feito pela patronagem do CTG (R$ 4 mil) – parte do resultado da copa e da cozinha –, a receita foi composta pela venda de ingresso (R$ 20.965,00), venda de mesas (R$ 4.180,00) e doações (R$ 11.257,00). As despesas foram compostas pela contração do grupo Os Monarcas (R$ 17.000,00), licenças, divulgação, segurança, decoração entre outros (R$ 2.869,00).

Solidariedade

Embora equipe profissional e direção atuem para garantir o melhor atendimento, Silvane lembra que as parcerias são fundamentais. Segunda ela, há a consciência de que cada vez mais a participação da sociedade e entidades faz a diferença. “Há espaço para todos participarem desse trabalho”, disse ela lembrando também o ato de solidariedade dos alunos do Ensino Médio Integral da Educação Profissional (Emiep) da Escola de Educação Básica (EEB) Sóror Angélica, de São Lourenço do Oeste. Em junho, os alunos doaram cerca de 740 litros de leito ao hospital. A doação foi resultado da campanha "Alimente uma vida", realizada num período de 30 dias.