Calvície Feminina: Conheça as 5 complicações no organismo feminino relacionadas a queda dos cabelo

“Uma vez que houve a perda da massa capilar estabilizamos o quadro de calvície e somente depois aplica-se a restauração cirúrgica nas regiões afetadas”, conclui o especialista.

Em 07/08/2019 17:53
Atualizado em 07/08/2019 18:02

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Calvície Feminina: Conheça as 5 complicações no organismo feminino relacionadas a queda dos cabelo

Dados da academia americana de dermatologia (DDA) apontam que alopecia, caracterizada pela redução total ou parcial de cabelos em determinada região da cabeça, atinge mais de 2 bilhões de pessoas no mundo, sendo que mais de 100 milhões são mulheres.

 Segundo Sociedade Brasileira do Cabelo, 50% das mulheres têm alguma queixa relacionada à queda de cabelo.  E a calvície   que é a diminuição aguda dos fios, acomete 5% da população feminina. Só em houve 2018 um aumento de 40% do número de mulheres que procuraram por tratamentos falando deste tema.

 Ao contrário do que pensamos, o transplante capilar não é restrito aos homens e tem atraído a cada dia mais mulheres. O expert no tema, Dr. Thiago Bianco, explica que não só em casos de pós-menopausa, como também as jovens estão a procura desse tipo de restauração. A calvície ou falha capilar em mulheres é um tema ainda mais preocupante, pois além da questão estética e pressão social, pode afetar a saúde psicológica.

 Bianco pontua que diferente da calvície masculina que é localizada em regiões específicas no couro cabeludo, a feminina é difusa (espalhada). “Toda a área afetada sofre da diminuição da massa capilar, tornando o procedimento mais delicado, porém tão efetivo quanto o transplante em homens, o que irá depender da habilidade do cirurgião”, diz o doutor.

 Geralmente o cuidado com a calvície feminina é limitado, “porém, a condição pode ser abreviada com o uso de algumas medidas, como por exemplo, uso de minoxidil, suplementos vitamínicos com compostos como biotina e silício orgânico”, explica Bianco.

 O médico ainda reforça sobre algumas complicações no organismo feminino relacionadas a queda dos cabelos. Como:

  1. 1.      Diminuição da ferritina (proteína localizada na região do fígado)
  2. 2.      Patologias hormonais como doenças da tireoide
  3. 3.      Dietas muito restritivas
  4. 4.      Queda capilar pós-gestacional
  5. 5.      O eflúvio telogeno é uma condição que pode levar à calvície.

“Uma vez que houve a perda da massa capilar estabilizamos o quadro de calvície e somente depois aplica-se a restauração cirúrgica nas regiões afetadas”, conclui o especialista.

 Dr. Thiago Bianco, médico expert em transplantes capilares - considerado um dos pioneiros a realizar a técnica de implante microfolicular guiado por vídeo. Dr. Thiago Bianco foi graduado em Medicina em 2006, e especializou-se em cirurgia geral e trauma, além de direcionar sua carreira paraa área de implante capilar. Membro titular da ISHRS (International Society of Hair Restoration Surgery), atualmente realiza um trabalho pioneiro com as técnicas de FUT (Follicular Unit Transplant) e FUE (Follicular Unit Extraction) para o transplante capilar de barba e de sobrancelha. Site:https://www.thiagobianco.com.br

Fonte:Contato COmunicação Foto:Pixabay

Saiba mais:


Tags da postagem

Mulher Especialistas brasil 07 de agosto de 2019 queda de cabelos cabelos femininos calvíce transplantes capilares Thiago Bianco