Coronavírus em SC: Governador prorroga restrição de convívio social por mais sete dias, após reunião com prefeitos e chefes dos Poderes

"Vidas não têm preço. A economia e os empregos nós poderemos recuperar, mas as vidas não. O momento é de ficar em casa. Vamos seguir as recomendações das autoridades de saúde, inclusive do ministro Luiz Henrique Mandetta, que ontem atestou que a melhor forma de manter o controle do coronavírus é o isolamento social", ressaltou Carlos Moisés.

Em 29/03/2020 21:00

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Coronavírus em SC: Governador prorroga restrição de convívio social por mais sete dias, após reunião com prefeitos e chefes dos Poderes

O período de restrições ao convívio social em Santa Catarina será prorrogado por mais sete dias a partir de quarta-feira, 1º de abril. A decisão foi comunicada pelo governador Carlos Moisés, neste domingo, 29. A renovação do decreto atende às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção ao contágio por coronavírus. O comércio permanecerá fechado, exceto as atividades consideradas essenciais.

"Vidas não têm preço. A economia e os empregos nós poderemos recuperar, mas as vidas não. O momento é de ficar em casa. Vamos seguir as recomendações das autoridades de saúde, inclusive do ministro Luiz Henrique Mandetta, que ontem atestou que a melhor forma de manter o controle do coronavírus é o isolamento social", ressaltou Carlos Moisés.

De acordo com ele, a determinação também se baseia na experiência de cidades e países que demoraram a agir e agora não têm capacidade para conter o avanço da COVID-19. A medida está alinhada ao que propõe o Ministério da Saúde, para que o Sistema Único de Saúde (SUS) tenha tempo de preparar melhor a estrutura e os profissionais de saúde.

Foto: Mauricio Vieira / Secom                Fonte:Secom

Veja à os impactos na região!

Alguns prefeitos já se manifestaram neste domingo

São Domingos E São Lourenço do Oeste - A volta gradativa das atividades do comércio em São Lourenço do Oeste e São Domingos, previstas para esta segunda-feira, dia 30 de março, está suspensa. O prefeito de São Lourenço do Oeste em nota ressaltou:  “Sabemos que acima de tudo a vida das pessoas é sempre mais importante e que, neste momento, o distanciamento social é a maneira considerada mais eficaz no combate a este vírus. Tentamos encontrar medidas e colocar normativas para amenizar o prejuízo econômico das empresas lourencianas e minimizar a perda de milhares de empregos. Porém, diante do decreto do Governo do Estado, fica revogado o decreto municipal”, ressaltou o Prefeito Rafael Callefi.

Quilombo, Irati, Santiago do Sul - Em contato com os prefeitos Silvano de Pariz (Quilombo), Julcimar Lorenzetti (Santiago do Sul) e Neuri Meurer (Irati) a manifestação foi unanime: “ Seguiremos as normas autoridades sanitárias que estão sendo publicados através das dos Decretos do Governo do Estados de SC”.

União do Oeste | Formosa do Sul – Após contato com as Assessorias de Comunicação, ate o fechamento desta matéria, os municípios citados não se manifestaram sobre o assunto.

Veja mais....

A FECAM reforça que a partir de segunda-feira (30/03) os bancos, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de acordo com o decreto n. 534 do governo estadual passam a funcionar.

Conforme vem sendo reforçado pelo governador a abertura desse setor será um teste para avaliação.

O cumprimento das medidas sanitárias serão fiscalizadas pela Polícia Militar e Civil, que podem inclusive fechar o estabelecimento que não estiver adequado às normas.

 A abertura do segmento será regrada por uma série de medidas sanitárias, já constantes do decreto, para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho e no atendimento ao público como:

 • A priorização do atendimento idosos, hipertensos, diabéticos e gestantes.

  • A limitação de entrada de pessoas em 50% (cinquenta por cento) da capacidade de público
  • Controle de acesso, a marcação de lugares reservados aos clientes, bem como o controle da área externa do estabelecimento, respeitadas as boas práticas e a distância mínima de 1,5 m (um metro e cinquenta centímetros) entre cada pessoa

• Estabelecer que as pessoas que acessarem e saírem do estabelecimento façam a higienização com álcool-gel 70% ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar

• O ingresso no estabelecimento será feito em número proporcional à disponibilidade de atendentes, evitando aglomerações em seu interior

• Manter todas as áreas ventiladas

 • Realizar procedimentos que garantam a higienização contínua do estabelecimento

 • Os trabalhadores que atendem ao público nas operações bancarias devem usar máscara cirúrgica

Entre outras medidas. (Confira a PORTARIA SES Nº 192, DE 29 DE MARÇO DE 2020)

Aos estabelecimentos desse tipo que estiverem localizados no interior de shoppings, galerias, centros comerciais:

• O shopping, galeria ou centro comercial deve providenciar a abertura somente da porta de acesso mais próxima à agência ou unidade de atendimento.

 As pessoas só devem se dirigir as unidades bancárias quando estritamente necessário.

Apoio: