MVA
Saber

Fiocruz negocia mais 15 milh√Ķes de doses de vacina da AstraZeneca

A presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade, disse que a instituição negocia com a AstraZeneca, a possibilidade de receber [...]

Por Redação Quilombo Mais em 24/01/2021 às 14:00:00
Tomaz Silva/AgenciaBrasil

Tomaz Silva/AgenciaBrasil

A presidente da Funda√ß√£o Oswaldo Cruz (Fiocruz), N√≠sia Trindade, disse que a institui√ß√£o negocia com a AstraZeneca, a possibilidade de receber 15 milh√Ķes de doses prontas de vacinas para garantir a imuniza√ß√£o até que chegue ao Brasil o Ingrediente Farmac√™utico Ativo (IFA) que vai permitir a produ√ß√£o de vacinas em BioManguinhos, da Fiocruz.

"Até que esse gap possa ser superado sempre com o objetivo de trazer de forma mais r√°pida poss√≠vel a vacina para nossa popula√ß√£o e também de come√ßar a produzir o mais r√°pido poss√≠vel", informou em entrevista à imprensa neste s√°bado (23), logo antes do in√≠cio da distribui√ß√£o de 2 milh√Ķes de doses de vacina da AstraZeneca pelos estados brasileiros. O imunizante chegou na sexta-feira (22) ao Brasil, vindo da √ćndia.

De acordo com N√≠sia Trindade, as medidas est√£o estabelecidas no contrato de encomenda e tecnologia e também no memorando de acordo geral da AstraZeneca para encomenda e depois de transfer√™ncia de tecnologia, quando todas as etapas ser√£o feitas em BioManguinhos. "Isso tudo é contratual. Estaremos recebendo inicialmente 15 milh√Ķes de doses", disse, acrescentando que h√° um aceno da AstraZeneca para antecipar os envios posteriores, que permitiriam completar até de 110 milh√Ķes e 400 mil doses da vacina. "Um aceno de que possa antecipar, n√£o agora nesse momento, mas t√£o logo esse processo da exporta√ß√£o se resolva, antecipar a vinda de meses seguintes", revelou.

Para a presidente da Fiocruz, a grande preocupa√ß√£o atual da institui√ß√£o é com a chegada mais célere poss√≠vel do Ingrediente Farmac√™utico Ativo para a produ√ß√£o de vacinas em BioManguinhos da Fiocruz. Segundo N√≠sia, a perspectiva é de receber o insumo no in√≠cio de fevereiro, por volta do dia 8, mas n√£o h√° ainda uma data definida. A presidente disse que o processo passa por muitas etapas na China, além de por quest√Ķes diplom√°ticas, e por isso n√£o é poss√≠vel saber quanto tempo vai levar para ser conclu√≠do.

Ainda na entrevista do s√°bado, o diretor de BioManguinhos, Maur√≠cio Zuma, informou que pelo contrato, a Fiocruz vai receber por m√™s insumos referentes a 15 milh√Ķes de doses em dois lotes equivalentes a 7,5 milh√Ķes de vacinas, com intervalo de duas semanas em cada lote. "Se ele [IFA] atrasar um pouquinho estamos discutindo a possibilidade de acelerar mais para frente a chegada dos lotes, para ver se a gente consegue antecipar um pouco, porque certamente teremos mais capacidade de produ√ß√£o do que esse cronograma de lotes. Se a gente puder receber mais IFA a gente vai poder produzir mais e entregar mais r√°pido ", completou.

Entrega

As vacinas desenvolvidas pela Universidade de Oxford e pela biofarmacêutica AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que chegaram ontem (23) ao Brasil, começaram ontem mesmo a ser distribuídas aos estados. "A vacina chegou muito tarde aqui, mas conseguimos executar todas as atividades com bastante velocidade, agilidade e logo no começo da tarde a gente já estava encaminhando vacinas", afirmou sobre o processo que antecedeu a preparação para a distribuição das doses aos estados.

N√≠sia Trindade ressaltou que as vacinas sa√≠ram da Fiocruz após cumpridos os procedimentos recomendados de verifica√ß√£o da temperatura e das embalagens, inclusive as avalia√ß√Ķes do Centro de Controle de Qualidade em Sa√ļde da institui√ß√£o.

índia

O cônsul-geral da √ćndia, Leonardo Ananda, que estava ontem na cerimônia de libera√ß√£o das vacinas, disse que era uma honra estar presente naquele momento auspicioso e de extrema relev√Ęncia para a popula√ß√£o brasileira. "Mais um passo est√° sendo dado no combate a essa pandemia. É também um marco histórico na rela√ß√£o entre √ćndia e Brasil. Duas na√ß√Ķes irm√£s que os la√ßos v√™m se fortalecendo a cada dia", disse.

O cônsul disse que é um momento simbólico onde a √ćndia est√° auxiliando uma na√ß√£o irm√£. "Temos certeza que em pouco tempo ter√° milh√Ķes de vacinas produzidas nesta casa. A √ćndia se orgulha muito de ter estabelecido esta parceria muito sólida e muito forte, assim como a do Instituto Serum [da √ćndia] com a Fiocruz e BioManguinhos" concluiu.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro

Coment√°rios

nespolo 3